parceiro

Google+ Followers

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Saiba o que comer quando sua glicemia está alta

PRESTIGIE NOSSOS ANUNCIANTES


A alimentação deverá ser equilibrada e conter alimentos fonte de proteínas, gorduras e carboidratos


grey Saiba o que comer quando sua glicemia está alta
Os carboidratos estão presentes nas leguminosas: ervilha, lentilha, grão-de-bico, soja
A glicemia é o valor da glicose no sangue, porém quando acima do normal ocorre ahiperglicemia, cujos principais sintomas são: sede excessiva, grande volume de urina, fraqueza, cansaço, distúrbios de visão e presença de açúcar na urina.
A hiperglicemia, frequente e a longo prazo, pode provocar problemas nos vasos sanguíneos levando à complicações, como perda da visão, infarto, derrame, doença renal, amputação de membros inferiores, etc. 
 Fique atento! muitas pessoas, principalmente aquelas com excesso de peso, podem apresentar hiperglicemia, mesmo não sendo diabéticas.  
Tudo isso pode ser evitado se você tiver bom controle da glicemia, obtido pela mudança do estilo de vida com alimentação saudávelexercício físico, controle do estresse, fumo e álcool, junto ao tratamento médico.
A alimentação deverá ser equilibrada e conter os alimentos fonte de proteínas, gorduras e carboidratos, sendo os últimos os que mais afetam a glicemia. Os carboidratos contribuirão com 50 a 60% das calorias da dieta, fornecendo energia para o corpo.
A quantidade total de carboidratos ingeridos é muito importante. Deve-se manter um consumo diário constante por refeição e ao longo do dia. Além disso, é preciso manter um período médio de 3 em 3 horas, ou até 4 em 4, entre as refeições, realizando o café da manhã, almoço, jantar e lanches (manhã, tarde e noite).
Os carboidratos estão presentes nos açucares (refinados, mascavo, orgânico, cristal), sucos e refrigerantes adoçados com açúcar, mel, melado, cereais (milho, arroz, trigo), está presente também em batata doce, mandioca, madioquinha, inhame, em pães, bolachas, torradas, farinhas, feijão ervilha, lentilha, grão-de-bico, soja e frutas.
A fibra, principalmente solúvel, contida nos alimentos, age no controle da glicemia, sendo encontrada na farinha de aveia, feijão, maçã e laranja. Essa ação é a redução da absorção de glicose, retardamento do esvaziamento do estômago e do tempo do trânsito intestinal, além do aumento da sensibilidade à insulina.
Para acompanhar a glicemia é importante medi-la em jejum (antes do café da manhã) e em até 2 horas após a refeição (almoço e jantar), segundo orientação médica. Sempre que houver hiperglicemia, anote os alimentos e as quantidades consumidas, para fazer as correções necessárias.
Não existe o bom controle da glicemia sem uma dieta saudável e educação alimentar, onde receitas são balanceadas e saborosas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário